Conecte-se Conosco

Policial

Receita Federal encontra droga desconhecida em remessa da Holanda no CD dos Correios em Pinhais

Substância foi analisada pelo laboratório do Departamento de Química da UFPR, que afirmou que droga é um canabinoide sintético que não está listado na literatura científica.

Publicado

em

Fotos: Divulgação/RFB

Uma droga desconhecida foi encontrada pela Receita Federal no Centro de Distribuição dos Correios em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em uma remessa vinda da Holandam, de acordo com o laboratório do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O resultado da análise foi divulgado na segunda-feira (13) e diz que a substância encontrada “ainda não está descrita na literatura científica”.

De acordo com o Laboratório Multiusuário de Ressonância Magnética Nuclear , a droga foi identificada como um canabinoide sintético desconhecido.

A Receita Federal informou que a substância foi encontrada em uma remessa de cinco volumes vindos da Holanda ao Brasil, que tinham São Paulo como destino, no dia 26 de agosto.

De acordo com o órgão, as encomendas chamaram a atenção dos fiscais após passarem pelo scanner do Centro de Distribuição.

Cães farejadores foram chamados e apontaram para a presença do entorpecente no interior dos volumes. Veja o vídeo.

A remessa foi inspecionada, e os fiscais encontraram 1,2 kg de uma substância amarela sólida compactada.

Parceria
Como a universidade, a Receita Federal e o Centro de Distribuição mantém uma parceria para o desenvolvimento de ferramentas para análise de materiais suspeitos, a substância foi encaminhada para análise do laboratório.

Além da identificação das substâncias em laboratório, a parceria, segundo a Receita Federal, também tem como objetivo melhorar o treinamento dos cães farejadores da Alfândega em Curitiba.

Laboratório identificou que droga encontrada não está descrita na literatura, segundo a Receita — Foto: Divulgação/RFB

Fonte: https://g1.globo.com/pr

Comentários

Policial

Preso com 7.500 arquivos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes

Prisão em flagrante foi realizada pela PF durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em Maringá, nesta sexta-feira (15).

Publicado

em

Foto: Ilustração

Um homem foi preso com mais de 7.500 de arquivos de imagens e vídeos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes em Maringá, no norte do Paraná, nesta sexta-feira (15).

A prisão aconteceu durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal em uma investigação sobre o compartilhamento de arquivos de pornografia infantil pela internet.

A ordem foi cumprida contra esse suspeito que tem 44 anos.

De acordo com a Polícia Federal, os materiais, fotos e vídeos, apreendidos passarão por perícia técnica. O objetivo é obter informações que possam indicar o envolvimento do suspeito com a prática de outros crimes.

Ele foi preso em flagrante pelos crimes de posse e armazenamento de arquivos de pornografia infantil, crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Fonte: https://g1.globo.com/pr

Comentários
Continue lendo

Policial

Homem mata jovem de 18 anos atropelada após assediá-la em Itajaí

Ele também brigou com o namorado dela. Homem de 35 anos foi preso em flagrante por homicídio qualificado e embriaguez ao volante.

Publicado

em

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Após assediar uma jovem de 18 anos, um homem de 35 anos jogou o carro contra ela e a matou atropelada em Itajaí, no Litoral Norte catarinense, na noite de domingo (10). O homem foi preso em flagrante por homicídio qualificado e embriaguez ao volante, informou a Polícia Civil. Na tarde desta segunda-feira (11), ele já estava no presídio.

A vítima, Vanessa Machowski, estava com o namorado, de 21 anos, no bairro Cordeiros por volta das 21h20. Ele disse à Polícia Militar que ambos conversavam, ele dentro da cabine de um caminhão estacionado e ela do lado de fora, quando uma caminhonete Tucson parou ao lado da jovem. O motorista de 35 anos a assediou verbalmente.

O namorado, então, desceu do caminhão para ver o que estava ocorrendo. O motorista da Tucson também saiu do carro. Segundo o namorado da vítima, ele estava com fortes sinais de embriaguez.

Houve uma discussão e o motorista da Tucson voltou para o veículo e saiu do local. Depois de cerca de 5 minutos, porém, ele voltou e jogou o carro em cima da jovem. Ela foi esmagada contra o caminhão e o autor do atropelamento fugiu em alta velocidade.

Vanessa Machowski – Foto: Reprodução/Redes sociais

A jovem recebeu os primeiros socorros no local e depois foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Cordeiros pelo Corpo de Bombeiros Militar, mas não resistiu.

Os socorristas encontraram a vítima inconsciente. Conforme os bombeiros, ela teve politraumatismo e suspeita de hemorragia interna.

Buscas por motorista
A Polícia Militar foi chamada e fez buscas. Os agentes encontraram o motorista da Tucson deitado na rua com alguns cortes no rosto. O carro foi encontrado em uma via em frente à casa dele.

O veículo estava amassado, indicando que houve a batida. Segundo a PM, o motorista confirmou que jogou o carro na direção da jovem. Como ele estava ferido, ele foi levado para a UPA do bairro Cordeiros. O carro Tucson foi guinchado.

Fonte: https://g1.globo.com/sc/

Comentários
Continue lendo

Policial

PM estoura ‘bunker’ com armas, munição antiaérea, fuzis e equipamentos militares

Equipamentos foram em ataques a bancos em SP. Apreensão ocorreu em uma chácara na estrada do Paiol, em Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo. No local, atrás de parede, havia granadas e uniformes da Polícia Civil.

Publicado

em

Munições achadas em 'bunker' durante operação da Polícia Militar, nesta quinta-feira (7). - Foto: Divulgação

A Polícia Militar de São Paulo estourou na manhã desta quinta-feira (7) um “bunker” que guardava fuzis, carregadores, munições antiaéreas, armas, granadas e equipamentos de proteção, como coletes, óculos, capacetes, lanternas táticas, dentre outros, de criminosos que atuam em ataques a bancos, caixas eletrônicos e locais que armazenam dinheiro no estado.

Durante a operação, houve confronto e, segundo a PM, dois suspeitos morreram.

A ação partiu de uma denúncia anônima em uma investigação relacionada ao ataque a bancos em Araçatuba, no interior de São Paulo, que terminou com três mortos e cinco feridos.

A apreensão ocorreu em uma chácara na estrada do Paiol, em Parelheiros, na Zona Sul de São Paulo.

Vestimentas achadas em ‘bunker’ durante operação da Polícia Militar, nesta quinta-feira (7). – Foto: Divulgação

Dentro do bunker, escondido e fechado atrás de paredes, a PM encontrou coletes à prova de balas, uniformes da Polícia Civil, granadas, explosivos, carregadores de fuzis e diversas munições. Havia no local 10 peças de uniforme da polícia, além de munições antiaéreas, de calibre .50, e de fuzil 7.62mm, além de pistolas e carregadores de fuzis.

A ocorrência foi registrada na sede da Polícia Federal, na Lapa, em São Paulo.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM foi acionado para o local para verificar se há risco devido à presença de granadas e explosivos no bunker.

Fonte: https://g1.globo.com/sp

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas