Conecte-se Conosco

Cambará

Polícia Militar prende dois ladrões em Cambará

Praticaram o crime numa residência e em uma loja da cidade.

Publicado

em

Foto: Reprodução

Na noite desta quarta-feira, dia 21, às 21 horas, dois rapazes de 19 e 24 anos foram presos por furto na rua Vitório Amadei, em Cambará.

De acordo com as informações, eles praticaram o crime numa residência e numa loja da cidade. A equipe policial começou a atender o caso após denúncia e, ao passo que foi procurar o principal suspeito, outra vítima fez contato e também informou o ocorrido em sua propriedade.

Durante patrulha, descobriram onde o acusado estava, endereço em que encontraram, além dele, o outro indivíduo de 19 anos, o qual correu para dentro da casa ao perceber a presença policial. Ao ser solicitado que o de 24 anos saísse, nada de ilícito foi localizado, entretanto, ambos confessaram o crime.

As autoridades entraram no imóvel e acharam os objetos dentro de um dos quartos da casa. Diante dos fatos, foram encaminhados, junto com os autores, ao Pelotão da Polícia Militar. Eles seguem presos na Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: https://npdiario.com/

Comentários

Cambará

Walmir Joaquim e Walcir Joaquim aniversariando hoje

Familiares e amigos, parabenizando-os pela data.

Publicado

em

Foto: Reprodução/Facebook

Walmir Joaquim, conceituado fisioterapeuta de Cambará, e Walcir Joaquim, vereador também na mesma cidade, estão comemorando hoje mais um ano de vida cheia de bençãos.

Familiares e amigos, parabenizando-os pela data.

A Webmix Cambará e Cambará Notícias, desejam os mais sinceros votos de felicidades.

Comentários
Continue lendo

Cambará

Neto Haggi reeleito prefeito de Cambará. Câmara Municipal renovada em 55%

O resultado oficial foi divulgado pelo TSE com a última atualização às 22h09.

Publicado

em

Fotos: Reprodução/montagem e TSE

Com 45,71% dos votos(5.741), José Salim Haggi Neto (MDB) venceu as eleições municipais deste domingo (15). O prefeito reeleito, vai para o seu quarto mandato.

Com 4,961 votos(39,50%), Walcir Joaquim ficou em segundo, seguido por Gil dos Anjos em terceiro, com 1.461 votos(11,63%).

Os outros candidatos, Dedé da Calha e Rafael Morais, obtiveram 199 votos(1,58%) e 197 votos(1,57%) respectivamente.

Câmara Municipal
Na Câmara, Marcio Albertini, o mais votado com 990 votos, Raffaello Frascati com 703 votos, Rogerinho do Karetê com 575 votos e Marcos Tetinha com 548 votos, se reelegeram.

Cinco cadeiras foram renovadas com os novos vereadores eleitos:
. Walmir Joaquim com 629 votos,

. Karen Dadona com 607 votos,

. Júnior Olivato com 566 votos,

. Geraldinho do PHN com 448 votos e

. João Mattar com 369 votos.

Foram 13.674 votos assim distribuídos:
12.699 – 92,87% votos a candidatos concorrentes,
432 – 3,16% de votos brancos e
543 – 3,97% de votos Nulos.

O resultado oficial foi divulgado pelo TSE com a última atualização às 22h09.

Comentários
Continue lendo

Cambará

Colégios cívico-militares no Paraná: 200 escolas aprovam novo modelo para 2021

Em Cambará, 92,04% aprovaram iniciativa do Governo Estadual. Segunda consulta pública foi realizada em mais 16 colégios que protocolaram pedido junto à Secretaria da Educação para adotar o novo modelo.

Publicado

em

Colégio Estadual Dr. Generoso Marques, em Cambará - Foto: Reprodução

Duzentas escolas estaduais do Paraná aprovaram, durante segunda consulta pública, o modelo cívico-militar para 2021. Um balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed), na noite desta sexta-feira (13), confirmou a migração para o modelo em mais 14 colégios da rede estadual.

Com isso, o Paraná passará a ser o estado com o maior número de colégios com este modelo. Segundo dados do Ministério da Educação, atualmente o Brasil conta com 50 colégios cívico-militares. Destes, quatro já funcionam no Paraná desde início de 2020.

A mudança deve ser implantada a partir de fevereiro. Segundo o governo, as 16 escolas desta segunda consulta pública protocolaram um pedido junto à Seed para adotar o novo modelo.

A votação aconteceu na quarta-feira (11), das 11h às 21h, na quinta (12), das 8h às 21h, e nesta sexta-feira até as 21h.

Durante a consulta pública puderam votar pais, alunos maiores de 18 anos, funcionários e professores.

Participaram desta etapa colégios estaduais dos municípios de Cambará, Campo Largo, Campo Mourão, Colombo, Curitiba, Cruzeiro do Oeste, Douradina, Foz do Iguaçu, Itaperuçu, Jardim Alegre, Londrina, Maringá e Sarandi.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Conforme a secretaria, ao todo, quase 10 mil alunos fazem parte dessas escolas.

Veja quais escolas que aprovaram o modelo na segunda consulta:
.Colombo: Colégio Estadual Rui Barbosa

.Itaperuçu: Colégio Estadual Luiz Maltaca

.Campo Mourão: Colégio Estadual Osvaldo Cruz e Colégio Estadual Marechal Rondon

.Douradina: Colégio Estadual Douradina

.Jardim Alegre: Colégio Estadual Anita Garibaldi

.Cambará: Colégio Estadual Dr. Generoso Marques

.Londrina: Colégio Estadual Professora Vani Cruz Viessi

.Sarandi: Colégio Estadual Vereador Luiz Zanchim

.Cruzeiro do Oeste: Colégio Estadual Cruzeiro do Oeste

.Curitiba: Colégio Estadual Cândido Rondon e Colégio Estadual João Turin

.Foz do Iguaçu: Colégio Estadual Sol de Maio

.Maringá: Colégio Estadual Duque de Caxias

Conforme a secretaria, nas escolas com o novo modelo de gestão, os estudantes terão aulas extras de português, matemática e civismo.

As aulas continuarão sendo feitas por professores da rede estadual. Por outro lado, a instituição receberá de dois a quatro monitores militares.

Segundo o governo, as escolas que já adotaram esse sistema têm, em regra, um desempenho 20% superior à média no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Investimento
O investimento na mudança da administração das escolas vai ser, de acordo com o governo estadual, de aproximadamente R$ 80 milhões e deve contemplar cerca de 129 mil alunos.

Perfil das escolas escolhidas
O Governo do Paraná informou que foram para a consulta da comunidade colégios em regiões com alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar.

A lei que prevê as escolas cívico-militares foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) em setembro deste ano.

As instituições também precisam estar em municípios com mais de dez mil habitantes e que tenham, ao menos, duas escolas estaduais na área urbana.

Para ter validade, mais de 50% das pessoas aptas devem participar da consulta. Se uma comunidade escolar for formada por 500 pessoas, é necessário um quórum de pelos menos 251.

De acordo com a secretaria, a migração acontece nas escolas onde houver aceitação do novo modelo pela maioria simples dos votantes, ou seja, 50% e mais um voto.

Fonte: https://g1.globo.com/pr

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas