Conecte-se Conosco

Policial

Polícia Militar apreende quase 2 toneladas de maconha em Contagem, na Grande BH

Segundo a polícia, a droga veio do Paraguai e tinha como destino o estado de Minas Gerais.

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV Globo

Aproximadamente duas toneladas de maconha foram apreendidas pela Polícia Militar (PM), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta segunda-feira (20).

A PM chegou até os alvos graças a uma denúncia anônima, que passou o endereço onde a dupla estava escondendo a maconha.

A carreta com a droga estava em um lote que serve como estacionamento para os fiéis da Igreja Pentecostal Porta da Salvação. O pastor disse à polícia que emprestou o local, mas não sabia que no veículo havia drogas.

De acordo com a polícia, os militares chegaram na hora certa para fazer o flagrante.

“No momento da abordagem eles estavam tirando da carreta e armazenando próximo a um matagal. Presumimos que eles iriam fracionar essa droga em veículos menores para fazer a distribuição e ter mais agilidade, devido ao tamanho da carreta ela é menos ágil para ser estacionada ou entrar em determinados imóveis”, explica o tenente Wanderlei Assunção.

O motorista foi preso escondido dentro do veículo. O outro suspeito conseguiu fugir pela mata, mais foi detido após um cerco no local. Os suspeitos tentaram camuflar a droga na carreta, para não serem pegos em fiscalizações de trânsito.

“A carga principal provavelmente era uma carga de cereal, algum tipo de grão. E debaixo desse assoalho da carreta, abaixo desse assoalho eles acondicionaram essa droga e espalharam café para dificultar no caso, o faro de algum cachorro de busca de faro da polícia ou de qualquer outro órgão policial aí”.

Segundo a PM, a maconha veio do Paraguai e passou pelo estado do Paraná, com destino final em Minas Gerais.

Pela quantidade de droga, a PM acredita que a mercadoria seria distribuída em vários pontos da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Por se tratar de um caso de tráfico internacional, os presos e todo o material apreendido, foram encaminhados para a Polícia Federal, que vai dar andamento às investigações.

“Nós sabemos que essa quadrilha é formada por vários integrantes. É uma quadrilha com organização criminosa mesmo. Então são vários os integrantes e cada um com sua função. Hoje foram pegos dois, mas vai caber a polícia investigativa fazer maiores levantamentos e conseguir maiores resultados também a partir dessa ocorrência nossa”, finaliza o tenente.

Fonte: https://g1.globo.com/mg

Comentários

Policial

Auxílio Emergencial: dupla é presa no DF após sacar ilegalmente R$ 28 mil de clientes da Caixa

Homens foram detidos em flagrante, no Guará. Segundo PM, eles compravam dados na internet e, mesmo sem cartão, conseguiam sacar benefício das vítimas.

Publicado

em

Foto: PMDF/Divulgação

A Policia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (12), dois homens suspeitos de aplicar golpes em clientes da Caixa Econômica no Distrito Federal. De acordo com a investigação, a dupla obtinha dados das vítimas na internet e sacava ilegalmente os valores do Auxílio Emergencial, de R$ 600.

De acordo com a polícia, os suspeitos estavam “em atitude suspeita” no terminal bancário, na QI 7 do Guará, quando foram abordados. Com eles, os militares apreenderam R$ 28,2 mil em espécie. Cerca de R$ 4.000 mil estavam escondidos em um carro.

Segundo os militares, os suspeitos contaram que a quantia era referente ao saque do benefício de terceiros. Para retirar o valor, eles não precisavam do cartão das vítimas.

A dupla disse ainda que os dados eram comprados de fraudadores, com moedas virtuais, por meio da “deep web” – uma espécie de internet oculta que poucas pessoas têm acesso.

Os dois homens, que não tiveram a identidade divulgada, foram presos em flagrante por estelionato e encaminhados para a Polícia Federal.

Fonte: https://g1.globo.com/df/

Comentários
Continue lendo

Policial

Receita Federal apreende R$ 1 milhão em mercadorias contrabandeadas em Londrina

Operação Escudo também foi realizada em Maringá e em Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina. Receita Federal informou que apreensões no Paraná no primeiro semestre, correspondem a 24,7% de tudo o que foi apreendido no Brasil.

Publicado

em

Fotos: Receita Federal/Divulgação

A Receita Federal apreendeu 1.400 pacotes de mercadorias sem notas fiscais na central de distribuição dos Correios em Londrina, no norte do Paraná, durante a operação Escudo. O total de produtos ilegais encontrados pelos agentes da Receitas contabilizou R$ 1 milhão.

Os trabalhos da Operação Escudo começaram na segunda-feira (10) e seguem até sexta-feira (14). O objetivo é combater o contrabando vindo das fronteiras. Nesta primeira etapa, além de Londrina, as fiscalizações se concentram em transportadoras de Maringá e em Dionisio Cerqueira (SC).

Em Londrina, foram apreendidas mercadorias importadas, como celulares e eletrônicos, sem a documentação exigida. A Receita Federal informou que foi necessário o uso de um caminhão para transportar as 1.400 caixas.

Também foram apreendidos três carros transportando celulares em fundos falsos em rodovias da região.

Em Maringá, nas transportadoras fiscalizadas, foram apreendidas caixas de mercadorias falsificadas. Entre as apreensões foram encontradas principalmente roupas.

Também foram apreendidos celulares sem documentação obrigatória e produtos para falsificar tonners. A Receita Federal detalhou que as embalagens tinham logotipos falsos de marcas conhecidas.

Em Santa Catarina, as fiscalizações foram realizadas em estradas, transportadoras e correios. Nas transportadoras e correios foram retidos 150 pacotes e caixas, contendo principalmente celulares e vinhos. O valor estimado das apreensões soma R$ 100 mil.

Balanço apreensões no Paraná
O número de mercadorias apreendidas pela Receita Federal no Paraná no primeiro semestre deste ano no estado é 20% superior ao que foi apreendido no mesmo período de 2019.

De acordo com o órgão, foram apreendidas R$ 342 milhões em mercadorias nos seis primeiros meses de 2020.

Esse valor corresponde a 24,7% do total de apreensões realizadas em todo o país pela Receita Federal no período. Conforme a Receita Federal, de janeiro a junho as apreensões no Brasil somaram R$ 1,38 bilhão.

Comentários
Continue lendo

Policial

PRF prende homem por tráfico de drogas em ônibus após cão de faro indicar bagagem na Via Dutra

A prisão ocorreu durante a abordagem a um ônibus que fazia a linha de São Paulo x Vitória/ES, na praça de pedágio do município de Arujá/SP.

Publicado

em

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal, na tarde desta terça-feira (11), prendeu um homem com mais de 20 tijolos de maconha. A prisão ocorreu durante a abordagem a um ônibus que fazia a linha de São Paulo x Vitória/ES, na praça de pedágio do município de Arujá/SP.

Após fiscalização nos bagageiros inferiores, utilizando os cães de faro, K9 Chicão, K9 Pistol e K9 Roma, foi dada indicação a uma mala de cor preta, que ao ser confrontado com o controle de passagens, verificou-se pertencer a um passageiro de 34 anos.

Os policiais solicitaram ao indivíduo que realizasse a abertura da mala que estava trancada, e o mesmo declarou que não possuía o código para a abertura. Então foi realizada a abertura forçada e no interior foram encontrados 25 tijolos de maconha. Foi dada voz de prisão ao passageiro por tráfico de drogas e o mesmo declarou ainda que sabia que no interior da mala continha entorpecentes. A ocorrência foi encaminhada para o DP de Arujá/SP para procedência dos fatos.

VIDEO

Fonte: https://www.prf.gov.br/agencia

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas