Conecte-se Conosco

Policial

Padre Robson gerenciava mais de R$ 20 milhões por mês de doações

Afastado da Afipe, comandava uma das maiores romarias do país. Religioso começou a ter seu nome envolvido em escândalos em 2017, quando surgiu uma denúncia de extorsão.

Publicado

em

Fotos: Reprodução/Instagram

Um dos padres mais populares de Goiás, padre Robson de Oliveira Pereira, de 46 anos, comandava, desde 2004, a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), entidade que reúne devotos de todo o país e arrecada cerca de R$ 20 milhões por mês, segundo o Ministério Público de Goiás (MP-GO).

A Afipe é responsável pelo Santuário Básilica de Trindade, do qual padre Robson era reitor, mas pediu afastamento de suas funções da associação e da basílica nesta sexta-feira (21), após o Ministério Público deflagrar a “Operação Vendilhões”, que investiga o desvio de R$ 120 milhões de doações de fiéis.

À frente da Romaria de Trindade, uma das maiores manifestações católicas do Brasil, padre Robson, como é conhecido, começou a ter seu nome envolvido em escândalos em 2017, quando surgiu uma denúncia de extorsão. Na época, um hacker pediu R$ 2 milhões para não revelar um suposto caso amoroso. Porém, a polícia apurou que as mensagens usadas na tentativa de extorsão eram falsas.

Natural de Trindade, o religioso é uma figura presente na cena católica e tem um programa de TV em que promove momentos de reflexão com base em trechos da Bíblia e experiências pessoais, além de conselhos àqueles que pedem orientação religiosa.

Doações
De acordo com o MP, as doações recebidas pela Afipe giram em torno de R$ 20 milhões por mês e chegam de todas as partes do país. A investigação apura se esse valor ou parte dele tem sido usado de forma irregular, em benefício de determinadas pessoas ligadas à associação.

Segundo a defesa do padre Robson, a Afipe sempre fez investimentos para aumentar a renda da instituição.

Em seu site, a Afipe descreve que as doações recebidas “são voltadas para a evangelização por meio da TV e para obras sociais”. A associação mantém um canal de TV e também transmite missas em uma rádio.

Romaria do Divino Pai Eterno
Além de toda a programação religiosa, a Afipe é responsável pela Romaria do Divino Pai Eterno, principal festa religiosa de Goiás e considerada uma das maiores celebrações religiosas do mundo. Ao longo de dez dias, são realizadas cerca de 100 missas e mais de 40 novenas, além de procissões, batizados, vigílias, alvoradas e confissões.

O evento reúne milhões de pessoas todos os anos. Em 2019, por exemplo, a romaria recebeu cerca de 3 milhões de fiéis de todo o Brasil e até do exterior. Neste ano, a celebração foi cancelada por causa da pandemia.

Segundo dados da Afipe, os trabalhos são mantidos por doações de fiéis. O evento também é responsável por movimentar a economia da cidade, que se mantém praticamente à base do turismo religioso, criado, principalmente, em torno da Basílica.

Fonte: https://g1.globo.com/go

Comentários

Policial

Preso é flagrado com 8 celulares, carregadores, cabos e chips dentro no corpo em MT

Ele expeliu objetos sozinho e não necessitou de atendimento médico. Materiais foram identificados após inspeção eletrônica durante revista.

Publicado

em

Foto: Sesp/MT

Um preso foi flagrado com oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips e um fio de carregador dentro do corpo ao ser revistado na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), ele foi descoberto durante procedimento de entrada na penitenciária. O caso aconteceu na última sexta-feira (18).

Os policiais penais identificaram “comportamento suspeito” no homem, que estava em um grupo de recém-chegados ao local. Após busca pessoal, ele foi submetido à inspeção eletrônica, e o scanner corporal revelou a presença de alguns objetos.

Objetos seriam entregues a outros presos
O homem então confessou que transportava materiais que seriam entregues a presos da unidade.

Sozinho, ele expeliu oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips de celulares e um fio de carregador de celular. O preso não necessitou de atendimento médico.

O material estava protegido por bexigas e fitas isolante. Aos policiais penais, ele relatou que receberia uma quantia em dinheiro caso conseguisse fazer a entrega.

O homem foi encaminhado para a ala destinada ao isolamento, como medida de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

A direção da penitenciária afirma que investiga quem encomendou os objetos e a participação do preso nesse caso.

Fonte: https://g1.globo.com/mt

Comentários
Continue lendo

Policial

Traficante Elias Maluco é encontrado morto na prisão

Informação foi confirmada no fim da tarde desta terça-feira (22). Preso em 2002 e condenado pela morte do jornalista Tim Lopes, traficante ficou conhecido pelos métodos bárbaros com que matava pessoas.

Publicado

em

Foto: Reprodução/ TV Globo

O traficante Elias Pereira da Silva, mais conhecido como Elias Maluco, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira (22) na Penitenciária Federal de Catanduvas, na região oeste do Paraná, segundo informações do Departamento Penitenciário (Depen).

Elias Maluco foi preso em setembro de 2002 e, em 2005, foi condenado a 28 anos e seis meses de prisão pela morte do jornalista Tim Lopes.

Em 2013, foi sentenciado a mais 10 anos, sete meses e 15 dias de prisão, desta vez pelo crime de lavagem de dinheiro. A mulher e a sogra dele também foram condenadas pelo mesmo crime.

Desde então, Elias Maluco ficou em presídios federais de segurança máxima.

Segundo o Depen, a família foi comunicada da morte pelo Serviço Social do Presídio Federal de Catanduvas.

Ainda de acordo com o departamento, a Polícia Federal foi chamada para fazer a perícia no local.

Tim Lopes
Elias Maluco foi preso no dia 19 de setembro de 2002. Ele foi condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, morto em junho daquele ano enquanto fazia uma reportagem sobre abuso de menores em um baile funk da favela Cruzeiro.

O traficante ficou conhecido pelos métodos bárbaros com que matava pessoas.

O corpo de Tim Lopes foi carbonizado numa fogueira de pneus conhecida como micro-ondas e só pôde ser reconhecido após exame de DNA. Outras seis pessoas foram condenadas por participação no crime.

Fonte: https://g1.globo.com/pr

Comentários
Continue lendo

Policial

14 pessoas são presas em operação contra pornografia infantil na internet

Operação Proteção Integral cumpre 24 mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (21), em várias cidades do Paraná.

Publicado

em

Fotos: Divulgação/PCPR

14 pessoas foram presas em uma operação contra pornografia infantojuvenil deflagrada na manhã desta segunda-feira (21) pela Polícia Civil em várias cidades no Paraná.

Segundo a polícia, as prisões aconteceram em flagrante durante o cumprimento de 24 mandados de busca e apreensão em 16 cidades do estado.

Cerca de 150 policiais participaram da operação, batizada de Proteção Integral.

Durante as buscas, foram apreendidos computadores, notebooks, pendrives, HD’s e outros dispositivos que possam ter armazenamento de fotos ou vídeos de crianças e adolescentes em situação sexual.

Veja abaixo onde foram cumpridos mandados de busca:
.Curitiba (6);
.São José dos Pinhais (2);
.Quatro Barras (1);
.São Mateus do Sul (1);
.Pato Branco (1);
.Marmeleiro (1);
.Cascavel (1);
.Maringá (1);
.Londrina (1);
.Ibiporã (2);
.Ponta Grossa (1);
.Apucarana (1);
.Arapongas (2);
.Terra Boa (1);
.Godoy Moreira (1);
.Marechal Cândido Rondon (1).

Fonte: https://g1.globo.com/pr

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas