Conecte-se Conosco

Cambará

Em Cambará e mais sete cidades do Norte Pioneiro, onze colégios serão cívico-militares

Programa apresentado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta segunda-feira (26) terá investimento de R$ 80 milhões e atenderá 129 mil alunos.

Publicado

em

Fotos: Reprodução/Facebook e Rodrigo Felix Leal

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira (26), no Palácio Iguaçu, que o programa de colégios cívico-militares será implementado em 215 colégios estaduais de 117 municípios de todas as regiões do Estado a partir de 2021. O investimento direcionado a cerca de 129 mil alunos será de cerca de R$ 80 milhões. É o maior projeto do País nessa área.

“Esse programa será transformador para o Paraná. Para entregar a melhor educação do Brasil precisamos ampliar os projetos e trazer novas ideias”, afirmou Ratinho Junior. Ele destacou que a média das escolas cívico-militares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é 20% maior do que na educação tradicional. “Esse é um modelo vencedor. Se é vencedor, queremos ofertar essa modalidade. A implantação será feita de forma democrática”.

A nova modalidade de ensino funcionará com gestão compartilhada entre militares e civis em escolas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. As aulas continuarão sendo ministradas por professores da rede estadual, enquanto os militares serão responsáveis pela infraestrutura, patrimônio, finanças, segurança, disciplina e atividades cívico-militares. Haverá um diretor-geral e um diretor-auxiliar civis, além de um diretor cívico-militar e de dois a quatro monitores militares, conforme o tamanho da escola.

Os colégios foram selecionados pela Secretaria de Educação e do Esporte e haverá uma consulta à comunidade escolar a partir desta terça-feira (27) para oficializar a indicação. Um dos diferenciais é o aumento da carga horária curricular, com aulas extras de português, matemática e valores éticos e constitucionais. A lei foi aprovada neste ano pela Assembleia Legislativa do Estado, mas o programa está sendo planejado desde o ano passado.

NORTE PIONEIRO
No Norte Pioneiro, os estabelecimento de ensino escolhidos foram:

Cambará
Colégio Estadual Angelina Ricci Vezozzo (foto capa)

Jacarezinho
Colégio Estadual Anésio de Almeida Leite
Colégio Estadual José Pavan

Carlópolis
Escola Estadual Hercília de Paula e Silva

Ribeirão Claro
Escola Estadual João da Rocha Chueiri

Ribeirão do Pinhal
Escola Estadual Ruth Martinez Correia

Santo Antônio da Platina
Escola Estadual Moralina Eleutério
Colégio Estadual Edith S. Prado de Oliveira

Siqueira Campos
CE Segismundo Antunes Neto.

Ibaiti
CE Júlio Farah
CE Antônio Martins de Melo

OBJETIVOS
Os objetivos detalhados do novo programa passam pela garantia do cumprimento das diretrizes e metas do Plano Estadual de Educação. Entre eles estão atuação contra a violência; promoção da cultura da paz no ambiente escolar; criação de novas possibilidades de integração da comunidade escolar; garantia da liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; e auxílio no enfrentamento das causas de repetência e abandono escolar.

As instituições de ensino selecionadas funcionarão em regime de cooperação, por meio de termo entre a Secretaria da Educação e do Esporte e a Secretaria da Segurança Pública do Paraná. O programa será avaliado continuamente a partir da implementação, como forma de aferição da melhoria e do alcance das metas do modelo proposto. Não haverá seleção de alunos.

A Secretaria da Educação e do Esporte vai editar os atos normativos necessários à operacionalização, à gestão e à implantação do programa; apoio técnico e financeiro às instituições; formação continuada aos profissionais da educação e da segurança pública que atuarão nos colégios cívico-militares; e elaboração da proposta pedagógica e dos regimentos internos. O programa será avaliado continuamente a partir da implementação, como forma de aferição da melhoria e do alcance das metas do modelo proposto.

O diretor cívico-militar será indicado pela Secretaria da Educação, responsável pela seleção por meio de entrevista e avaliação. Os militares da reserva podem ser voluntários. Eles serão remunerados por meio de diárias criadas por lei em 2017, cujo valor variará conforme a atribuição desempenhada na instituição de ensino.

“A Polícia Militar foi chamada para participar com policiais aposentados, auxiliando com 200 anos de experiência acumulada. Eles passarão por uma formação na Academia e serão colocados à disposição das comunidades escolares. Eles auxiliarão na administração e na estética militar. Queremos fornecer ambientes calmos e propícios para o aprendizado. A disciplina e o respeito são fundamentais para esse ambiente”, afirmou o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Péricles de Matos.

EXPERIÊNCIA
Segundo o secretário de Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, que tem experiência de dez anos como professor do Colégio Militar de Curitiba, o projeto integrado tem como objetivo ampliar esse modelo para outros locais do Estado. “Um aluno com essa formação sai muito focado para o seu objetivo, seja na formação acadêmia, na formação militar, na plataforma para empreender. Vamos montar um currículo voltado para esse novo conceito, que pede mais formação”, afirmou. “Ajudaremos a implantar esse programa com muita energia”.

Débora Queiroz, diretora do Colégio Estadual da Guarda Mirim do Paraná e pedagoga da rede estadual de ensino, disse que o modelo vem ao encontro da melhoria da qualidade da educação pública. “O novo nos deixa inquietos, mas precisamos acreditar. Acreditamos nessa filosofia. Queremos formar cidadãos críticos, responsáveis e sujeitos da sua própria história. É um alicerce para os professores porque eles se sentem valorizados pelos estudantes”, disse.

Comentários

Cambará

Cohapar constrói 56 casas em Cambará. Inscrições até 11 de maio.

Uma assistente social no CRAS fornecerá auxílio para as famílias realizarem o cadastro. O Cras fica na Av. Brasil, 1310, em frente ao Banco Itaú. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17 horas.

Publicado

em

Fotos: Reprodução

Termina em 11 de maio o prazo de inscrição para famílias interessadas em morar em uma das 56 casas populares do Residencial Santa Cecília, que o Governo do Estado está construindo em Cambará. Podem participar do processo seletivo famílias com renda de até seis salários mínimos e que não possuem casa própria. O cadastro é feito online no link http://cohapar.pr.gov.br/cadastro.

O Governo do Estado investiu R$ 5,1 milhões no projeto. Os aportes do tesouro estadual permitem o financiamento das moradias sem cobrança de valor de entrada, com juros reduzidos de financiamento e parcelamento em até 30 anos.

Quem tiver dúvidas ou dificuldades no preenchimento das informações no sistema da companhia pode ligar para o telefone (43) 3520-8500, que também funciona como WhatsApp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

De acordo com o coordenador regional da Cohapar Michael Faleiros, as famílias que não tiverem acesso à internet podem procurar a prefeitura.

“Por meio de uma parceria com o município, teremos uma assistente social no CRAS fornecendo auxílio para as famílias realizarem o cadastro”

Segundo Faleiros, casos de revisão de cadastro também podem ser feitos com o auxílio dos funcionários municipais. “Famílias que já estão inscritas e estão com dúvidas quanto ao seu próprio cadastro, também devem procurar o CRAS para garantir a participação no processo seletivo”, conclui o coordenador regional.

O Cras fica no prédio da prefeitura, na Avenida Brasil, 1310, em frente ao Banco Itaú. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17 horas.

ATUALIZAÇÃO
Para aqueles que já fizeram cadastro na Cohapar anteriormente é importante ter atenção quanto à necessidade de atualizações dos dados. Além das informações financeiras e de composição familiar, os dados de contato precisam estar corretos, pois as chamadas para participação na seleção são feitas via telefone e e-mail.

Por questões legais, o prazo de validade das inscrições é de dois anos, sendo necessário um novo cadastro após este período. A consulta à lista de famílias inscritas por município e a atualização dos dados cadastrais também podem ser feitas no mesmo endereço eletrônico: http://cohapar.pr.gov.br/cadastro. Atualmente, Cambará conta quase 2.600 famílias inscritas.

CARACTERÍSTICAS
O Residencial Santa Cecília está com 93% do cronograma de obra executados e a previsão é de que ele seja concluído em junho. As unidades têm 47,23 metros quadrados, divididos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e uma área de serviço externa, com modelos adaptados para pessoas com deficiência.

Fonte: https://www.npdiario.com.br/

Comentários
Continue lendo

Cambará

PRF e PM apreendem 21 motos em Cambará

Elementos fariam rachas colocando em perigo muitos inocentes.

Publicado

em

Fotos: Reprodução

Na tarde deste domingo, dia dois, uma ação conjunta das Polícia Rodoviária Federal de Londrina e a Polícia Militar de Cambará resultou na apreensão de 21 motocicletas que participariam de exibição de manobras perigosas e “rachas”.

A ação ocorreu na BR-369, nas imediações do km 14, e na estrada rural perto do Colégio Agrícola, no município de Cambará. O local onde várias pessoas se encontram, com motos, aos domingos para realizarem manobras arriscadas e colocarem suas vidas e a de terceiros em risco. VEJA VIDEO

Ao todo foram lavrados 105 autos de infrações e 21 motocicletas foram recolhidas aos pátios das instituições para regularização. Dentre as infrações mais cometidas estão: Conduzir veículos sem possuir CNH, veículo com débitos de licenciamento e conduzir veículo com equipamento obrigatório ineficiente ou inoperante. Um indivíduo de 22 anos foi encaminhado à polícia civil de Cambará por porte de droga.

O Chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Londrina, PRF Vinícius Silva, que esteve presente na operação, salienta que estamos no segundo dia do MAIO AMARELO, mês dedicado a conscientização sobre a segurança no trânsito.

“Todo motorista, passageiro ou pedestre é responsável pela segurança no trânsito, temos que ter responsabilidade em nossas ações. Promover, na via, competição, exibição e demonstração de perícia em manobra de veículo, ou deles participar, como condutor, sem permissão da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via é uma infração gravíssima e a multa pode chegar a R$ 2.900,00, os envolvidos nesse tipo de ação podem ainda responder criminalmente por seus atos”.

Durante todo o mês de Maio serão realizadas fiscalizações no intuito de coibir o cometimento das infrações mais lesivas, como: Ultrapassagem em local proibido, excesso de velocidade e ingestão de bebida alcoólica.

Fonte: https://www.npdiario.com.br

Comentários
Continue lendo

Cambará

Cambará recebe a operação “Pronta Resposta” da Polícia Militar do Paraná

Efetivo policial foi recepcionado pelo vice-prefeito João Luiz Del Col e pelo comandante da Guarda Municipal, Luiz Carlos Batistela.

Publicado

em

Fotos: Jomar Medeiros

Cambará recebeu na tarde desta segunda-feira, 19 de abril, o efetivo policial da Polícia Militar do Paraná, integrante da Operação “Pronta Resposta”, que está em vigor no Estado desde o mês de dezembro passado. No Norte Pioneiro, a Operação teve início no dia 14 de abril, como operação “Pronta Resposta III”.

O objetivo da Operação, é dar resposta imediata a ações criminosas e proporcionar segurança aos cidadãos paranaenses. Através da Operação, equipes policiais atuam em rodovias estaduais e centros urbanos, regiões de mata, rios e lagos, principalmente nas fronteiras do Oeste do Estado, rota de ilícitos que acabam chegando para outros estados brasileiros.

No Norte Pioneiro, a Operação visa coibir o crime organizado, crimes violentos contra o patrimônio e homicídios.

O efetivo policial, foi recepcionado pelo vice-prefeito João Luiz Del Col e pelo comandante da Guarda Municipal Luiz Carlos Batistela.

Texto: Graça Maria

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas