Conecte-se Conosco

Economia

Auxílio Emergencial: Caixa paga nova parcela a mais 5,6 milhões de beneficiários nesta sexta

Para beneficiários fora do Bolsa Família, saques e transferências dessas parcelas serão liberados em 15 de outubro. Trabalhadores do bolsa recebem parcelas de R$ 300.

Publicado

em

Fotos: Marcelo Camargo / Agência Brasil e Economia G1

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta sexta-feira (25) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 5,6 milhões de trabalhadores.

Neste grupo, estão 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS é terminado em 7. Também fazem parte 4 milhões de trabalhadores que estão no Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios, aniversariantes em setembro.

Para o público do Bolsa Família, a parcela paga já é a primeira referente ao Auxílio Emergencial Residual, de R$ 300. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.

Para os demais, seguem os pagamentos de R$ 600, e a ajuda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados a partir de 15 de outubro (veja nos calendários mais abaixo).

VEJA QUEM RECEBE NESTA SEXTA-FEIRA:
. 1,6 milhão de trabalhadores do Bolsa Família aprovados no programa, cujo número do NIS termina em 7
. 4 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em setembro, recebem a próxima parcela:
aprovados no primeiro lote recebem a quinta parcela;
aprovados no segundo lote recebem a quarta parcela;
aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a terceira;
aprovados no quinto e sexto lotes recebem a segunda;
aprovados no sétimo lote recebem a primeira parcela;
aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, recebem a quinta parcela;
aprovados em outros lotes, que receberam a primeira parcela em meses anteriores mas tiveram o pagamento reavaliado em agosto, recebem todas as parcelas restantes, até a quinta.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Calendários de pagamento
Veja abaixo os calendários de pagamento da parcela atual. O calendário das parcelas extras, de R$ 300 (parcelas 6 a 9 do Auxílio Emergencial), foi divulgado apenas para os beneficiários que fazem parte do Bolsa Família. Segundo o Ministério da Cidadania, as datas para os demais serão divulgadas “em breve”.

BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA

Fonte: https://g1.globo.com/economia

Comentários

Economia

Setor industrial mantém contratação de novos colaboradores durante 13 meses

Robson Martuchi, presidente da ACE, avalia que o maior consumo das pessoas é um dos fatores que contribui para o aumento da produtividade industrial.

Publicado

em

Foto: Reprodução

“O ano que vem será o ano do sucesso para o setor industrial com a retomada da economia e aumento constante da produtividade com diversas ofertas de emprego”, é o que ressalta Robson Martuchi, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE). Pelo terceiro mês consecutivo, a produção industrial registrou crescimento e o emprego no setor não cai há 13 meses, segundo os dados da pesquisa de Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O índice de produção aumentou 1,7 pontos em relação a junho e fechou agosto com 53,7 pontos. Já o índice de evolução do número de empregados alcançou 52 pontos. O indicador da CNI é de 0 a 100 pontos, 50 é a linha de corte e quanto mais os pontos forem maiores que o corte, maior e mais intensa é a evolução da produção.

“É perceptível o quanto que o setor industrial está recuperando suas atividades, a economia e produções no caminho da normalidade. Aliado a questão da maior confiança do consumidor em sair de casa para fazer as suas compras, mais produtos as indústrias estão ofertando aos seus revendedores e, consequentemente, maiores são as ofertas de empregos para a população. Vivemos um cenário de certeza de que no ano que vem a economia estará 100% recuperada. E cada vez mais a indústria será a geradora de renda da sociedade”, destacou Robson Martuchi, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ourinhos (ACE).

Para as indústrias, de acordo com a pesquisa da CNI, a situação atual é a melhor em relação ao segundo semestre de 2020, época que faltavam muitos insumos e o setor atingiu o ponto mais crítico. Portanto, “para os próximos meses, as expectativas são positivas e faz com que as intenções de investimento no setor sejam elevadas. Os empreendedores industriais esperam o aumento da demanda, das exportações e que o número de colaboradores cumpra com a produção de matéria prima”, finalizou Robson.

Fonte: www.agencialikeup.com.br

Comentários
Continue lendo

Economia

Contribuinte já pode consultar se está no 3º lote de restituições do IRPF 2021

A consulta já está disponível desde as dez da manhã desta sexta-feira, na página da Receita na internet, ou pelo aplicativo.

Publicado

em

Foto: Reprodução

Terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 será liberado dentro de uma semana, em 30 de julho.

A Receita Federal vai depositar o dinheiro nas contas indicadas por cinco milhões de contribuintes.

O montante a ser pago soma cinco bilhões e 800 milhões de reais, informa o órgão.

A consulta pode ser feita a partir das dez da manhã desta sexta-feira, na página da Receita na internet, ou pelo aplicativo.

Entre os beneficiados estão contribuintes a partir dos 60 anos de idade, contribuintes que possuem deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Também estão incluídos cerca de 36 mil e 600 contribuintes, que possuem o Magistério como principal fonte de renda.

Mas a maioria dos que estão no terceiro lote são contribuintes de grupos não prioritários, que entregaram a declaração até 18 de maio.

O primeiro lote de restituições do imposto de renda foi pago em 31 de maio e o segundo em 30 de junho.

O calendário de pagamentos prevê a liberação de mais dois lotes, em 31 de agosto e 30 de setembro.

Fonte: http://www.radio2.com.br/

Comentários
Continue lendo

Economia

Campanha ‘limpa nome’ da Serasa renegocia dívidas por até R$ 100; saiba como participar

Mais de 14 milhões de dívidas podem ser negociadas com até 99% de desconto até o fim do mês.

Publicado

em

Foto: Natalia Filippin/G1

Brasileiros endividados podem renegociar suas dívidas por até R$ 100 com a ajuda da Serasa, durante a campanha Limpa Nome, que acontece durante o mês de julho, com possibilidade de prorrogação.

São 24 empresas de diversos setores que, em parceria com a Serasa, permitem que consumidores paguem seus débitos com descontos que chegam a 99% (veja a lista das empresas participantes abaixo).

Na edição de 2020, a ação possibilitou que mais de 6 milhões de dívidas fossem quitadas. Neste ano, o objetivo é oferecer mais de R$ 12 bilhões em descontos em mais de 14 milhões de dívidas.

O número de famílias endividadas no Brasil chegou a 69,7% em junho – maior percentual desde 2010, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

De acordo com a Serasa, o valor médio das dívidas por negativado é o maior dos últimos 12 meses, chegando a R$ 3.937,38.

Como fazer a negociação?
Os acordos são fechados em menos de 3 minutos e as consultas podem ser feitas de forma gratuita nos seguintes canais:

. Site: serasalimpanome.com.br

. App Serasa no Google Play e Apple Store

. WhatsApp: 11 99575-2096

. Ligação gratuita: 0800 591 1222

Por conta da pandemia do coronavírus, a empresa aconselha o uso dos meios digitais, mas para quem preferir negociar presencialmente, é possível fazer isso em uma das unidades dos Correios. Para isso, é preciso acessar o site www.correios.com.br para conferir os horários de funcionamento antes de ir a uma das agências.

Como negociar on-line?
A negociação é feita pela plataforma do Serasa Limpa Nome, seguindo o passo a passo abaixo:

1. Acessar o site www.serasa.com.br/limpa-nome-online ou baixar o aplicativo no celular, digitar o CPF e preencha o cadastro. É possível também regularizar débitos financeiros pelo WhatsApp, no número (11) 98870-7025.

2. Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela, incluindo as dívidas que tiver. Se quiser conhecer as condições oferecidas para pagamento, basta clicar em uma delas e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito.

3. Depois de optar por uma das opções de valor, é só escolher se vai ser à vista ou em parcelas e a melhor data de vencimento.

4. A plataforma gera um ou mais boletos, dependendo da forma de pagamento escolhida, já com a data de vencimento correta. O boleto poderá ser pago on-line, em agências bancárias e casas lotéricas.

Empresas participantes
Ativos
Atlântico
Avon
BMG
Bradesco
Calcard
Casas Bahia
Claro
Colombo
Crediativos
Credsystem
Digio
Hoepers
Itapeva
Itaú
MGW
Pernambucanas
Ponto Frio
Recovery
Renner
Riachuelo
Tribanco
Vivo
Zema

Fonte: https://g1.globo.com/economia

Comentários
Continue lendo

Mais Lidas